Mitos e verdades sobre alergia a camarão!

Quando há suspeita de reações alérgicas e para um consumo saudável, é necessário conhecer os mitos e verdades sobre alergia a camarão.

Existem muitos mitos e verdades sobre alergia a camarão, de fato. Mas você sabe diferenciar o que é verdade e o que é mito? Vamos te ajudar!

Alergias alimentares podem ter consequências muito sérias quando a pessoa alérgica desconhece a condição ou, mesmo conhecendo, ignora os riscos.

E, ainda, a falta de informações adequadas a respeito das alergias pode privar muitas pessoas de consumir os alimentos que gostaria, simplesmente pelo medo das reações alérgicas.

Por isso, veja a seguir o que pode ser um risco real e o que é mito sobre a alergia a camarão, que está entre os alimentos mais comuns entre causas de alergia alimentar.

 

Alergia e intolerância a camarão são a mesma coisa

 

Mito. Não só em relação ao camarão, mas em relação a qualquer alimento, alergia e intolerância não são a mesma coisa.

A intolerância é uma condição que leva a pessoa a passar mal quando consome algo – camarão, por exemplo – em grande quantidade e o organismo não tem capacidade de processar o alimento corretamente.

As consequências da intolerância alimentar podem ser dores de estômago, diarreia, vômito e enjoo.

Já a alergia, por sua vez, pode causar reações mais fortes, que afetam o sistema imunológico, uma vez que ele entende que foi atacado e precisa se defender de uma substância presente no alimento consumido.

Em casos mais graves, a alergia pode provocar falta de ar e urticária, indicando a possibilidade de um choque anafilático, que pode ser fatal.

 

INSERIR IMAGEM 01

 

É possível consumir camarão mesmo sendo alérgico a ele

 

Verdade. Porém, a pessoa alérgica pode consumir camarão apenas quando a alergia é causada pelo conservante que é utilizado para evitar que a casca do camarão fique escura. Quando for o caso, a casca deve ser retirada.

Já quando a alergia é causada pela proteína do camarão, não é recomendável o seu consumo, uma vez que a proteína está presente na casca e na carne.

Em todo caso, havendo qualquer suspeita, é importante realizar testes médicos para ter certeza a respeito do tipo de alergia e as possíveis reações que ela causará.

alergia camarao

 

Posso usar remédios antialérgicos e continuar consumindo camarão sem medo.

 

Mito! Os remédios antialérgicos devem ser usados quando ocorre o consumo acidental do camarão ou quando a alergia se manifesta pela primeira vez.

Desta forma, quando a alergia já é conhecida, o ideal é evitar o consumo do camarão para que não seja necessário fazer uso frequente do medicamento corticoide ou antialérgico.

Isso porque, o consumo frequente desses medicamentos pode levar o organismo a reagir com sintomas mais graves e não impedir as crises alérgicas com o passar do tempo.

 

O único jeito de não sofrer com as reações alérgicas é cortar o camarão da dieta

 

Verdade. Quando a alergia ou a intolerância é confirmada, para evitar novas crises e não precisar fazer uso de medicamentos, o melhor mesmo é evitar o consumo de camarão.

Infelizmente, se você é um apreciador de pratos com camarão, a condição alérgica impõe essa condição para que sua saúde seja preservada com segurança.

Entretanto, algumas alergias alimentares podem desaparecer com o tempo.

 

Enfim, agora que você conheceu alguns mitos e verdades sobre alergia a camarão, procure o seu médico e realize os exames necessários para saber se você tem alergia ou intolerância ao alimento.

auditorioaraujovianna

Voltar ao topo